segunda-feira, 18 de maio de 2009

Ganhamos! :D :D :D

Eu sinceramente não sabia que o concurso de música Eurovision era tão popular. Para se ter uma idéia, é só pensar no nervosismo de uma final de Copa do Mundo em que o Brasil esteja jogando. A Noruega ganhou de 41 países europeus (mais Israel, que uns dizem que é Europa, outros dizem que é Oriente Médio), com uma pontuação recorde. A maioria dos países deu a pontuação máxima para a Noruega. Independentemente de torcida, eu achei a canção da Noruega a melhor, mas na minha opinião havia outras músicas lindíssimas, como a de Portugal, que eu postei antes, mais algumas, cujos links vou postar aqui (clique no nome do país para ver/ouvir as músicas):

Armênia - Gostei da apresentação e da melodia, exótica e pop ao mesmo tempo. Ficou em décimo lugar;

Estônia - Traços de música clássica, adorei. Ficou em sexto lugar;

Moldávia - A cantora, Nelly Ciobanu, pagou a viagem para a final em Moscou e a estadia do próprio bolso, por que o governo da Moldávia se recusou. Mas, como ela foi para a final, o governo cobriu todas as despesas. Esta música mostra muito da cultura e das danças típicas da Moldávia, e dá uma vontade de sair dançando! Ficou em décimo-quarto lugar;

Rússia - A canção do país sede do concurso neste ano era muito especial, bem melhor que a do ano passado, que ganhou o concurso. Quero aprender a falar russo! Ficou em décimo-primeiro lugar.

A Noruega ficou em primeiro, a Islândia em segundo  e o Azerbaijão em terceiro lugares.

A apresentadora da transmissão do concurso para a Noruega recebeu duras críticas por falar o tempo todo e fazer comentários muito bobos.

É uma pena não haver este tipo de concurso na América Latina, por que eu mal conheço a cultura dos países ao redor do Brasil. Assistindo ao Eurovision eu aprendi muitas coisas de outros países europeus. Viva o intercâmbio cultural!

Um comentário: